Campo Grande (MS) protestou mais de mil Certidões de Dívida Ativa em cartório




Meta da Prefeitura é cobrar 5 mil contribuintes nesta etapa.

O plano de combate à inadimplência da Prefeitura de Campo  Grande começa a dar os primeiros resultados.

Quarenta dias depois da assinatura do convênio entre a administração municipal e o Instituto de Estudos e Protestos de Títulos do Brasil, Seção Mato Grosso do Sul (IEPTB-MS), mais de mil contribuintes em atraso foram cobrados e pelo menos R$ 150 mil em dívidas de tributos municipais, como Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), foram recuperados pelo município.

O balanço parcial foi apresentado pelo presidente do IEPTB-MS, Alexandre Pellegrini, e leva em consideração a data da assinatura do convênio, em março, até o dia 24 de abril.

De acordo com Pellegrini, nesse período, foram 1.132 títulos encaminhados para o cartório pela prefeitura, que somam R$ 29 milhões em dívidas para serem protestados. Deste total, 1.079 foram protestados e 24 foram pagos pelos contribuintes nos cartórios, logo após a notificação, o que resultou em uma recuperação média de R$ 6.250 por título regularizado.

Os 29 restantes, ou estão dentro do prazo, ou foram anulados ou o contribuinte recorreu à Justiça.

No primeiro trimestre, a arrecadação municipal registrou crescimento de 13% em comparação ao mesmo período do ano passado. O comportamento da receita de Campo Grande só não foi melhor em decorrência da queda apresentada na arrecadação com repasses estadual e federal.

Fonte: INR Publicações – Jornal do Protesto | 04/05/2017.

____

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>