Corregedoria obriga cartórios do Piauí a aderir à Central de Registro Civil




A partir desta segunda-feira (21), todos os cartórios de registro civil do Piauí estarão interligados. Durante o lançamento da Central de Registro Civil do Piauí (CRC-PI), o corregedor-geral da Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, destacou que o processo de emissão de certidões de nascimento, casamento ou óbito será desburocratizado. Ao todo, o Estado possui 116 cartórios, três estão em Teresina.

“Recebemos uma média de 100 registros por dia. O que antes levava dias agora é questão de minutos. Anteriormente, tudo era feito a mão e hoje nós modernizados o nosso sistema e tudo passará a ser eletrônico. A Central do Piauí ficará interligada à Central Nacional. Esse sistema irá facilitar a vida de todos os cidadãos com os pedidos dos seus documentos. Os servidores dos cartórios serão capacitados para operarem o sistema. “, disse o desembargador.

Para exemplificar a desburocratização do sistema, o corregedor citou o caso de uma uma pessoa casada há 50 anos que solicitasse a 2ª via da certidão de casamento. “Essa pessoa teria que ir até o cartório, o funcionário teria que localizar o livro. Agora não, basta colocar o nome e o CPF no sistema e já estará lá”, explica.

A obrigatoriedade do uso da CRC-PI por todos os cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais do Piauí permitirá a emissão de quaisquer certidões originárias de outros estados interligados através de solicitações feita diretamente no balcão dos cartórios locais. O Piauí é o 12º Estado a implantar o CRC.

A partir de hoje, além do lançamento da CRC-PI todas as certidões de nascimento já terão o Cadastro de Pessoa Física (CPF). O desembargador Sebastião Martins explica que o recém nascido já possuirá estes dois imporantes documentos. “Com certeza, ter estes dois documentos no início da vida é um grande passo para a cidadania”, disse.  A primeira certidão de nascimento com CPF foi emitida há cerca de dois meses no município de Gilbués.

Para o delegado da Receita Federal, Edmar Ferreira, esse é um importante momento para o TJ e cartórios, pois reforça a cidadania de todos com a emisão do CPF que está ligado à Receita Federal.

Fonte: Cidade Verde | 21/03/2016.

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>