Anoreg/SE lança cartilha com orientações de proteção contra Covid-19 nos cartórios




Material traz os principais cuidados para prevenção contra o novo coronavírus no ambiente de trabalho das serventias extrajudiciais

A Associação dos Notários e Registradores do Estado de Sergipe (Anoreg/SE) lançou a “Cartilha sobre prevenção à Covid-19 no ambiente de trabalho dos Cartórios Extrajudiciais”. O material foi elaborado pela tabeliã do 1º Ofício da Comarca de Umbaúba (SE), Fernanda Maria Souza Serravalle, que também é a diretora social da entidade estadual. Segundo ela, “a cartilha surgiu da necessidade de organizar, sistematizar e setorizar as normas sanitárias, tirando-as do plano abstrato e trazendo-as para a realidade prática cartorária”.

Além de dispor de conceitos básicos sobre a Covid-19, o conteúdo aborda as principais vias de transmissão; o tempo de sobrevida do vírus em superfícies; a sintomatologia, que descreve o conjunto de sinais apresentado pelos infectados, e os cuidados profiláticos, envolvendo os colaboradores e as instalações de cada unidade. Serravalle ressalta que o processo de atendimento ao usuário envolve questões além do ato jurídico, que também levam em consideração o bem-estar do funcionário.

“Aliando as condutas de higiene com técnicas complementares, visa-se obter um ambiente de trabalho seguro, harmonioso e humano, onde possa ser fortalecido o equilíbrio emocional dos colaboradores e clientes, de maneira a se alcançar uma melhoria da saúde física e mental de todos os envolvidos. Os cartórios precisam passar segurança e confiabilidade em todos os âmbitos, seja no técnico, em relação aos negócios jurídicos ali realizados, seja no aspecto humano, ao proporcionar um ambiente onde todos se sintam protegidos e acolhidos”, enfatizou a tabeliã.

Segundo ela, a cartilha tem o objetivo de padronizar e divulgar protocolo de segurança equilibrado no ambiente de trabalho. Essa atuação reflete na produtividade, além da saúde e satisfação dos envolvidos. O documento retrata as medidas de proteção de acordo com a realidade cartorária, por isso, pode ser colocado em prática em serventias de todas as regiões do Brasil, sendo necessárias pequenas adaptações para atender às necessidades locais.

“Acredito que toda forma de conhecimento deve ser compartilhada, aprimorada e individualizada, com o intuito de atender as peculiaridades locais. Como essa cartilha foi elaborada, especificamente, para a realidade cartorária, pode ser de grande valia na adequação dos cartórios à nova realidade, bem como possibilitar a divulgação de uma medicina complementar ainda desconhecida por grande parte da população”, afirmou Serravalle.

O último tópico abordado na Cartilha trata do fortalecimento da imunidade e da medicina complementar, que envolve atividades como aromaterapia, acupuntura e reiki, por exemplo. De acordo com a tabeliã, essas atividades são um “suporte no equilíbrio emocional-imunológico ou até mesmo como uma via alternativa de desinfecção de forma natural e comprovadamente eficaz. A Organização Mundial da Saúde também reconhece a eficácia das terapias complementares e orientou aos países a adoção nos seus sistemas nacionais de saúde”, concluiu a notária.

Acesse aqui a íntegra da “Cartilha sobre prevenção à Covid-19 no ambiente de trabalho dos Cartórios Extrajudiciais”, da Anoreg/SE.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Anoreg/BR

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook e/ou assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito.

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>