O Deus Que Sofre

"Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento […] Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças […]" (Isaías 53:3-4)

Quando pensamos em Deus, geralmente consideramos o fato de que Ele é justo, santo, amoroso e bom. Mas há algo a mais para ser considerado: Ele é o Deus que sofreu.

Não é natural pensar-se em um Criador perfeito experimentando características humanas como a dor e o sofrimento humano. Afinal, por que sofrer se não precisa?

Mas Deus sofreu. E, mais profundamente do que algum de nós poderia imaginar.

No livro A Cruz de Cristo, John Stott disse: "Nosso Deus é um Deus sofrido". E eu acho que ele tem razão.

Leia a descrição de Isaías daquilo por que Jesus (que era Deus) passaria (e passou) no Calvário:

Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento… Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.

"Um homem de sofrimento". Esse era Jesus.

Mas por que Deus sofreu? Porque amava e ama. Isso quer dizer que Ele entra em nosso sofrimento também.

Hebreus 2:17-18 nos diz: "Por essa razão era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos, para se tornar sumo sacerdote misericordioso e fiel com relação a Deus e fazer propiciação pelos pecados do povo. Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados."

Você hoje não está sozinho em seu sofrimento. Jesus passou por isso, esteve na sua pele e está aqui para ajuda-lo agora mesmo. Chame por Ele. 

Clique aqui e leia o texto original.

Fonte: Devocionais Diários | 13/10/2014. 

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.


Ele lhe Chama de Filho dEle

Pode ser que você saiba como é ser marcado. Cada vez que seu nome é mencionado, sua calamidade o segue.

“Tem notícias de João recentemente? Sabe, aquele rapaz divorciado”?
“Recebemos uma carta do Jerry. Lembra dele, o alcoólatra”?
“Vi Melissa hoje. Não sei porque ela não consegue manter-se num emprego”.

Como um irmãozinho chatinho, seu passado lhe segue por onde quer que você ande. Será que não tem ninguém que lhe vê pelo que você é e não pelo que você fez? Sim, há Um que lhe vê assim – seu rei. Quando Deus fala de você Ele não menciona seu passado, pesar, ou problema – Ele lhe permite dividir a glória dEle. Ele lhe chama de filho dEle.

Deus provou seu amor por nós sacrificando Seu Filho. Salmos 103:12 diz “Como o Oriente está longe do Ocidente, assim ele afasta para longe de nós as nossas transgressões.” Cristo morreu por nós enquanto ainda éramos pecadores.

Clique aqui e leia o texto original.

Fonte: Max Lucado – Site Max Lucado – Devocional Diário | 24/09/2014.

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.


Santa Hostilidade

Muitos insistem que Deus nos ama tanto que não pode se irar com a nossa maldade. Eles não entendem que o amor sempre se ira com a maldade! Paulo disse em Romanos 1:18 “A ira de Deus é revelada dos céus contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça…”

Esta é uma revelação para muitos que presumem que Deus é um diretor de colégio desesperado, ocupado demais monitorando os planetas para prestar atenção em nós. Ele não é. Deus diz que a ira dEle é direcionada contra qualquer coisa e qualquer um que suprime o conhecimento da verdade. Deus ama seus filhos, e odeia o que os destrói. Isto simplesmente significa que Ele lhe ama e odeia o que você se torna quando se vira contra Ele.

Pode chamar de hostilidade santa! Um justo ódio do mal. Um desgosto divino. A pergunta não é “Como pode um Deus amoroso se irar?” Mas sim, “Como é que um Deus amoroso poderia sentir qualquer outra coisa?”

Clique aqui e leia o texto original.

Fonte: Max Lucado – Site Max Lucado – Devocional Diário | 03/09/2014. 

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.