‘Crianças não devem dar à luz crianças’, diz ONU pedindo fim do casamento infantil na África

“A África tem os maiores índices de gravidez na adolescência no mundo. A maior parte delas ocorre no casamento”, disse Jayathma Wickramanayake, enviada especial do secretário-geral das Nações Unidas para a Juventude, na cerimônia de abertura da Conferência Africana sobre Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos.

Neste século, o casamento infantil não pode ser permitido e, de modo semelhante, “as crianças não devem dar à luz crianças”, disse a enviada da ONU para a juventude em um fórum africano sobre saúde e direitos reprodutivos, na quarta-feira (14).

“A África tem os maiores índices de gravidez na adolescência no mundo. A maior parte delas ocorre no casamento”, disse Jayathma Wickramanayake, enviada especial do secretário-geral das Nações Unidas para a Juventude, na cerimônia de abertura da oitava Conferência Africana sobre Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos realizada em Joanesburgo, África do Sul.

Wickramanayake disse que a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, adotada por todos os Estados-membros da ONU em 2015, reconhece que o aumento da atenção à saúde e ao bem-estar das adolescentes do mundo, incluindo sua saúde sexual e reprodutiva, é uma condição necessária para o sucesso.

“Uma abordagem entre diversos setores é fundamental para garantir o desenvolvimento holístico das mulheres jovens, bem como dos homens jovens, pois sabemos que os impactos negativos da saúde sexual e reprodutiva afetam muitos outros problemas na vida de um jovem”, ressaltou.

Wickramanayake observou que os milhões de adolescentes abandonam a escola devido ao casamento infantil e à gravidez na adolescência, e milhões de pessoas ainda perdem seu acesso à educação durante o ciclo menstrual devido à falta de instalações sanitárias em suas escolas.

A falta de oportunidades de emprego afeta pessoas que se tornam mães enquanto são crianças ou são soropositivas.

A África continua a enfrentar altos níveis de mortalidade e morbidade materna. “É inaceitável que as mulheres continuem a morrer enquanto dão vida”, disse a representante da ONU, acrescentando que a AIDS ainda está entre as principais causas de morte entre adolescentes na África Subsaariana.

Tudo isso exige esforços para garantir que jovens em todos os lugares tenham acesso a serviços de saúde sexual e reprodutiva de qualidade e acessíveis, completou.

Serão os jovens que impulsionarão o desenvolvimento desta região nas próximas décadas, e investir nos jovens é a receita para a realização e cumprimento dos Objetivos Globais da ONU (ODS) e outros modelos nacionais e regionais de desenvolvimento, em particular a Agenda 2063 da União Africana.

“Já é tempo de reconhecer o poder dos jovens e o valor que eles podem trazer à mesa de decisão como parceiros de pleno direito”, disse Wickramanayake.

Fonte: ONU BR | 23/02/2018.

____

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.


BLACK FRIDAY: Leitor do PORTAL do RI tem desconto de 50% na aquisição do E-BOOK: “Como COMPRAR IMÓVEL Com SEGURANÇA”!

Com satisfação, o Portal do RI comunica que seus leitores poderão adquirir o Livro (E-BOOK): “Como Comprar Imóvel com Segurança- O Guia Prático do Comprador”, de Luís Ramon Alvares (2017, Editora Crono), com DESCONTO de 50% sobre o valor de venda (SOMENTE ATÉ AMANHÃ!)

Para adquirir, acesse o seguinte link (exclusivo disponibilizado ao Portal do RI): https://pay.hotmart.com/G6194429O?off=ux1prp33&checkoutMode=0&bid=1511532468771

Saiba mais sobre o livro em http://www.comocomprarimovel.com.br

* Peça já! Promoção por tempo limitado.


Informações da Divisão de Concursos da Corregedoria da Justiça Paranaense – (TJ-PR).

EDITAL nº 07/2016 – DCPFD

Ato de Retificação do Edital nº 06/2016-DCPFD

– FORO EXTRAJUDICIAL –

O Excelentíssimo Senhor Desembargador MARQUES CURY, Corregedor da Justiça do Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e regimentais, e tendo em vista o contido nos autos nº 0042856-78.2015.8.16.6000-SEI e nº 0060976-72.2015.8.16.6000-SEI, RESOLVE:

1.- RETIFICAR o Edital nº 06/2016 – DCPFD, que tornou públicas as relações dos serviços notariais e de registros do Estado do Paraná cujas vacâncias e declarações de vacância foram recebidas nesta Corregedoria-Geral de Justiça até o dia 30 de junho de 2016, para EXCLUIR da relação dos serviços indisponíveis para concurso – Anexo 2, o 1º Tabelionato de Notas do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, o 3º Serviço de Registro de Imóveis do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, o 8º Tabelionato de Notas do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, o Tabelionato de Notas do Foro Regional de Pinhais da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, o 2º Tabelionato de Protesto de Títulos do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, o 2º Tabelionato de Notas do Foro Regional de São José dos Pinhais da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, o 1º Tabelionato de Notas e o 1º Tabelionato de Protesto de Títulos da Comarca de Foz do Iguaçu, o 1º Serviço de Registro de Imóveis da Comarca de Campo Mourão, o 3º Tabelionato deProtesto de Títulos Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, e o 1º Serviço de Registro de Imóveis do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, e incluí-lo na relação de disponíveis para concurso – Anexo 1, que passa a ser considerado, para todos os fins, da seguinte forma:

ANEXO 1 – DISPONIVEIS para concurso

Anexos: Clique aqui

2.- Permanecem inalteradas as demais disposições do Edital.

3.- E, para que chegue ao conhecimento de todos, expede-se o presente Edital, que será publicado no Diário da Justiça Eletrônico, bem como disponibilizado no site do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (www.tjpr.jus.br/concursos/agentedelegado).

Eu, _________________________ (Jorge Pflanzer Prokop), Chefe da Divisão de Concursos para o Provimento de Funções Delegadas, extrai e digitei o presente Edital.

Eu, __________________________ (Isabela Bittencourt Munhoz da Rocha), Diretora do Departamento da Corregedoria-Geral da Justiça, o conferi. Curitiba, Paraná, aos quatro dias do mês de outubro do ano de dois mil e dezesseis (04/10/2016).

DES. MARQUES CURY – Corregedor da Justiça.

Fonte: IRN Publicações | 06/10/2016

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.