VOCÊ TEM CORAGEM DE FAZER ESTA ORAÇÃO? – Amilton Alvares

praying-hands-1179301

O mundo pode ser transformado se os cristãos abraçarem a oração de Provérbios 30:8-9:

“Senhor, não me dês nem pobreza nem riqueza; dá-me apenas o alimento necessário.
Senão, tendo demais, eu te deixaria e diria: ‘Quem é o Senhor?’.
Se eu ficasse pobre, poderia vir a roubar, desonrando assim o nome do meu Deus”.

Nem mais nem menos, apenas o suficiente para viver! Isso pode ser o verdadeiro socialismo cristão. Você tem coragem de fazer esta oração?

Pense e reflita. Se você está lendo esta mensagem, certamente não faz parte do rol dos desafortunados deste mundo. Considere: Basta o necessário! Lamentavelmente estamos sempre correndo atrás do excedente. Correndo atrás do vento!

* O autor é Procurador da República aposentado, Oficial do 2º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São José dos Campos/SP, colaborador do Portal do Registro de Imóveis (www.PORTALdoRI.com.br) e colunista do Boletim Eletrônico, diário e gratuito, do Portal do RI.

Como citar este devocional: ALVARES, Amilton. VOCÊ TEM CORAGEM DE FAZER ESTA ORAÇÃO?. Boletim Eletrônico do Portal do RI nº. 114/2018, de 15/06/2018. Disponível em http://www.portaldori.com.br/2018/06/15/voce-tem-coragem-de-fazer-esta-oracao-amilton-alvares/

____

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.


PERDER O CHÃO E ENXERGAR O TETO – Amilton Alvares

rachadura-no-chao-0417-1400x800

Ninguém está livre de perder o chão neste mundo. Você pode ser alcançado por doenças, desemprego, separações indesejadas, morte na família e outros infortúnios.

Se o seu chão cair, olhe para o alto porque o teto espiritual estará à vista. Deus disse: “Nunca o abandonarei” (Hebreus 13.5).  As promessas de Deus para seus filhos formam um verdadeiro teto espiritual na vida do cristão. Isso ninguém pode tirar de você. Agarre-se às verdades bíblicas para enfrentar as adversidades.

Você pode perder o chão neste mundo. Mas se estiver em comunhão com Deus, não pode perder o teto nem a Rocha de sustentação, que é Cristo Jesus, nosso Salvador. Se você perder o rumo na vida, lembre-se de que Jesus é o Caminho. Ele mesmo disse: “Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim” (João 14.6). Assim, se a vida derrubar você, se você sentir o chão ruir ou se vier a perder tudo o que lhe é precioso, lembre-se que Deus jamais o abandonará! Ninguém pode tirar o seu teto espiritual! E precisamos nos lembrar sempre de que, no fim da vida, Deus vai nos levar para morar com Ele no lar celestial, onde não haverá mais pranto, nem morte, nem choro, nem dor, e o próprio Deus enxugará toda lágrima dos olhos de seus filhos (Apocalipse 21.4). Olhe sempre pra o alto. Seu teto está lá!

Para ler do mesmo autor ALMA SEM TETO, clique aqui.

* O autor é Procurador da República aposentado, Oficial do 2º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São José dos Campos/SP, colaborador do Portal do Registro de Imóveis (www.PORTALdoRI.com.br) e colunista do Boletim Eletrônico, diário e gratuito, do Portal do RI.

Como citar este devocional: ALVARES, Amilton. PERDER O CHÃO E ENXERGAR O TETO. Boletim Eletrônico do Portal do RI nº. 109/2018, de 08/06/2018. Disponível em http://www.portaldori.com.br/2018/06/08/perder-o-chao-e-enxergar-o-teto-amilton-alvares/

____

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.


O POSITIVISMO JURÍDICO E A BÍBLIA – Amilton Alvares

O professor Eros Grau, ex-Ministro do STF, publicou interessante artigo no Estadão sob o título “Em defesa do positivismo jurídico”. O autor destaca o princípio da separação dos poderes na estrutura da República, ressaltando que quem faz as leis é o Legislativo e quem as aplica são os juízes. Ele afirma de maneira contundente que “volta e meia os juízes fazem as suas próprias leis”. Destaca que a independência judicial é vinculada à obediência dos juízes à lei e que os juízes são servos da lei. Eros Grau insiste em afirmar que os juízes aplicam o Direito, não fazem justiça. Em outras palavras, diz que não se deve “jogar para a torcida”. E prossegue afirmando que justiça absoluta só pode emanar de Deus, e que “os homens, na esfera em que estamos, não produzem justiça, só lá em cima há jus!”. O ex-Ministro do STF afirma que tem medo dos juízes, em especial dos juízes dos tribunais, que insistem em substituir o controle de constitucionalidade, por controles de outra espécie. Bem, para entender melhor, recomendo a leitura do artigo no link: http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,em-defesa-do-positivismo-juridico,70002305339.

Eu gostei mesmo foi da palavra final do Ministro: “Ao cabo destas expansões o que me dá paz é ler, na Bíblia, o profeta Isaías (32,15-17): quando alcançarmos a Restauração Final, “uma vez mais virá sobre nós o espírito do alto. Então o deserto se converterá em pomar, e o pomar será como uma floresta. Na terra, agora deserta, habitará o direito, e a justiça no pomar. A paz será obra da justiça, e o fruto da justiça será a tranquilidade e a segurança para sempre”. Move-me a esperança em que a defesa do positivismo do Direito me faça no futuro chegar lá”. Que belo apelo – eu quero chegar lá!

As palavras do professor me fizeram lembrar do que Jesus disse ao entrar em Jerusalém. O povo gritava – “Bendito é o Rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas maiores alturas! Jesus foi instado a repreender a multidão e respondeu – “Se eles se calarem, as próprias pedras clamarão’ (Lucas 19:38-40). Pois bem, parece que as pedras estão clamando – Justiça perfeita só mesmo a divina! Na terra, agora deserta, habitará o direito e a justiça. Só não tem jeitinho brasileiro para entrar no Paraíso. E ninguém pode criar as próprias leis para estabelecer o acesso. Para entrar no céu, Deus deixou a sua receita e entregou a cartilha – Tem de reconhecer que é pecador e precisa assumir Jesus como Salvador (João 3:16-18). No Reino de Deus a paz será obra da justiça, e o fruto da justiça será a tranquilidade e a segurança para sempre. Sejamos servos de Cristo, porque não vai ter jeitinho na porta do céu.

Para ler JEITINHO BRASILEIRO NA PORTA DO CÉU, clique aqui.

* O autor é Procurador da República aposentado, Oficial do 2º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São José dos Campos/SP, colaborador do Portal do Registro de Imóveis (www.PORTALdoRI.com.br) e colunista do Boletim Eletrônico, diário e gratuito, do Portal do RI.

Como citar este devocional: ALVARES, Amilton. O POSITIVISMO JURÍDICO E A BÍBLIA. Boletim Eletrônico do Portal do RI nº. 095/2018, de 18/05/2018. Disponível em

___________

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.