Construtora deve devolver dinheiro pago por imóvel não entregue no prazo avançado




RESOLUÇÃO DE CONTRATO cumulado com pedido CONDENATÓRIO DE DEVOLUÇÃO DAS QUANTIAS PAGAS e pedido INDENIZATÓRIO POR DANOS MORAIS E MATERIAIS em face de, alegando, em síntese, ter adquirido da Ré, por meio de contrato de compromisso de compra e venda, a unidade 74, Torre BL02-B, do empreendimento denominado “Condomínio das Tulipas”, pelo preço de R$ 203.185,50, cuja entrega estava prevista para 31 de dezembro de 2015, já inclusa a cláusula de tolerância de 180 dias.

Afirmam ter realizado o pagamento do valor de R$ 50.571,33. Ocorre que a Ré não entregou o imóvel no prazo estipulado, optando os adquirentes pela resolução do contrato. Alegam que em razão do atraso suportaram danos morais e materiais. Pedem seja declarada a resolução do contrato, com a condenação das ré à devolução dos valores pagos pelos autores, bem como ao pagamento de indenização por danos morais e materiais. Juntou documentos.

Confira link completo, aqui.

Fonte: iRegistradores – Migalhas | 27/01/2017.

____

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>