QUATRO PESCADORES, A MULTIDÃO E O SALVADOR – Por Amilton Alvares




O cenário é o mesmo – o mar da Galiléia.  O relato dos autores apresenta alguma variação. João, Marcos e Mateus colocaram o foco da narrativa no chamado dos primeiros discípulos; Lucas conseguiu alargar o relato e pintou um cenário no qual deu destaque para a pesca maravilhosa, a confissão de Pedro e o movimento da multidão. (João 1:34-42, Marcos 1:16-20, Mateus 4:18-22 e Lucas 5:1-10).

Os quatro pescadores, Pedro, André, Tiago e João eram sócios. Ao receberem o chamado de Jesus deixaram pai, casa e profissão para fazerem-se pescadores de homens. Assumiram a missão e aceitaram ser instrumentos de resgate de vidas nas mãos do Salvador. A história dos quatro discípulos é conhecida por todos e não há necessidade de repetição. Eles fizeram de Jesus a principal razão de suas vidas. E a multidão, como anda? O relato de Lucas conta que uma multidão acompanhava Jesus à beira do mar da Galiléia e o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. Pergunta: Terá mudado o comportamento da multidão no curso da História?

Ouso pintar um cenário para o tempo presente.  A multidão continua em movimento e se aperta para ouvir as novidades. No passado, depois de tantos profetas que não foram ouvidos, Jesus era a novidade da época. A maior parte das pessoas estava mesmo em busca de curas e solução de problemas. Assim como hoje! Quase ninguém está disposto a pagar o preço de seguir a Jesus. Leia o texto de Lucas 9:57-62 e estabeleça a sua própria conclusão. Onde você está? Com quem você está? Em que time você está? Com os quatro pescadores ou com a multidão? É certo que nunca se falou tanto da salvação oferecida por Jesus de Nazaré na cruz do Calvário. A multidão parece querer ouvir a palavra de Deus, mas poucos são os corações verdadeiramente quebrantados e que compreendem a necessidade de confissão e arrependimento. Quanto tempo faz que você não diz para Jesus aquilo que Ele ouviu dos lábios de Pedro e foi registrado por Lucas: “Afasta-te de mim, Senhor, porque sou um homem pecador!”. Você não precisa fugir de Jesus por causa dos seus pecados. Ele nos aceita com todos os nossos defeitos. Ele só quer um coração humilde e quebrantado, disposto a ouvir e fazer o que Ele pede. Ainda que você considere impossível realizar a vontade do Salvador, Ele quer andar com você e só espera uma atitude de contrição e reconhecimento de que Ele é o Senhor e você é o pecador. Isso pode ser chamado de conversão. Conversão a Cristo, nosso Senhor e Salvador. Não deixe a sua decisão para amanhã, venha pra Cristo você também! A multidão pode caminhar como antes, sempre em busca de novidades, mas você pode mudar o curso de sua vida, nos braços do Salvador.

 ____

* O autor é Procurador da República aposentado, Oficial do 2º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São José dos Campos/SP, colaborador do Portal do Registro de Imóveis (www.PORTALdoRI.com.br) e colunista do Boletim Eletrônico, diário e gratuito, do Portal do RI.

Como citar este devocional: ALVARES, Amilton. QUATRO PESCADORES, A MULTIDÃO E O SALVADOR. Boletim Eletrônico do Portal do RI nº. 014/2017, de 19/01/2017. Disponível em http://www.portaldori.com.br/2017/01/19/quatro-pescadores-a-multidao-e-o-salvador-por-amilton-alvares/

____

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.

2 Responses to “QUATRO PESCADORES, A MULTIDÃO E O SALVADOR – Por Amilton Alvares”

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>