A VOZ DO NATAL – Amilton Alvares




A voz do Natal desperta ouvidos ensurdecidos. O brilho do Natal deixa um facho de luz no céu a partir de Belém e ilumina as cidades do mundo. Os cânticos e a decoração de Natal tocam a sensibilidade de crianças e adultos. Em janeiro tudo passará! Muitos se lembrarão do menino Jesus na manjedoura. Alguns terão a lembrança da peregrinação de José e Maria à procura de um abrigo para o nascimento do Redentor. Outros se lembrarão de Jesus como aquele que quebrou paradigmas. No entanto, é bom ter em mente que a voz do Natal vai além de tudo isso; a voz do Natal busca mudanças, e mudança de vida. Jesus sabia que a verdade é a essência da palavra de Deus (Salmos 119:160) e afirmou ser Ele a própria verdade. Verdade que precisa ser encontrada e conhecida. Pôncio Pilatos perguntou a Jesus o que é a verdade (João 18:38). Não sabemos se Jesus deixou de responder a Pilatos ou se não lhe foi dada a oportunidade de responder. Mas sabemos o que Jesus disse aos seus discípulos – “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao pai senão por mim’ (João 14.6).

Jesus Cristo veio para cumprir a lei. Mas Ele foi além da lei dos homens de sua época, que permitia odiar o inimigo (Mateus 5:43-44). Jesus disse – “Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” (João 13:34).  Jesus aperfeiçoou a lei. E a sua presença entre nós ressalta o sentido do texto no Capítulo 1 do Evangelho de João: “A lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por intermédio de Jesus Cristo” (verso 17, NVI).  “Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade” (verso 14, NVI). Jesus foi além dos anseios dos pastores de Belém e dos magos do oriente. Ele entrou na História para ser Salvador.

Jesus Cristo quebrou paradigmas, revolucionou o mundo e dividiu a História. É o maior exemplo de bondade e fraternidade. Ele é a verdade, a face visível de Deus. Mas somente com tais convicções ninguém tem lugar garantido no céu. Precisamos reconhecer que somos pecadores e que Jesus de Nazaré é o único Salvador com autoridade para perdoar os pecados do homem. Veja o que o anjo disse a José ao esclarecer acerca da gestação de Maria: “Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque Ele salvará o seu povo dos pecados deles” (Mateus 1:21).  Ingresse no Natal com o espírito em contrição e prepare-se para ouvir a voz do Natal. Não tenha medo de reconhecer que precisa do Salvador. Novo mandamento nos foi confiado. Amar ao próximo com o amor de Cristo. E amar a Deus sob a cruz de Cristo. O jugo é suave e o fardo é leve. E podemos ter a certeza de que nenhum outro pode trazer salvação. Jesus é a luz do mundo e tem de brilhar em nossas vidas mais do que as luzes do Natal. Ouçamos a voz do Natal.

_____________

* O autor é Procurador da República aposentado, Oficial do 2º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São José dos Campos/SP, colaborador do Portal do Registro de Imóveis (www.PORTALdoRI.com.br) e colunista do Boletim Eletrônico, diário e gratuito, do Portal do RI.

Como citar este devocional: ALVARES, Amilton. A VOZ DO NATAL. Boletim Eletrônico do Portal do RI nº. 0235/2015, de 17/12/2015. Disponível em http://www.portaldori.com.br/2015/12/17/a-voz-do-natal-amilton-alvares/. Acesso em XX/XX/XX, às XX:XX.

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>