QUAL É O PREÇO? – Amilton Alvares




*Amilton Alvares

Se essa pergunta fosse feita ao apóstolo Pedro, é bem provável que ele respondesse diretamente que o preço foi alto demais, que Jesus pagou alto preço por nós. E diria mais: “Não fomos comprados com ouro, prata ou coisas perecíveis, sim, pelo sangue precioso do cordeiro sem mácula (1ª Pedro 1:18-19). O Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29).

Se essa mesma pergunta fosse feita ao Padre Antonio Vieira, autor do famoso “Sermão aos Peixes”, é provável que ele desse outro enfoque, que nos obrigaria a pensar e lamentar pela nossa podridão. Ele poderia repetir o que disse no “Sermão do 4º Domingo da Ascensão”. Subiu ao púlpito e todos esperavam um sermão sobre a ascensão do Cristo ressurreto. Ele diz assim: “A mim a imagem dos meus pecados me comove muito mais que essa imagem do Cristo crucificado”. Todos estão perplexos e ele prossegue: “Diante dessa imagem, do Cristo crucificado, eu sou levado a ensoberbecer-me, por ver o preço pelo qual Deus me comprou; diante da imagem dos meus pecados é que eu me apequeno, por ver o preço pelo qual eu me vendi. Por ver que Deus me compra com todo o seu sangue, eu sou levado a pensar que eu sou muito, que eu valho muito. Mas quando noto que eu me vendo pelos nadas do mundo, aí eu vejo que eu sou nada. Eu valho nada.”

Dois homens usados por Deus em épocas diferentes. Deus falando de diversas maneiras para sacudir as multidões e despertar corações entorpecidos. De um lado a magnitude do sacrifício oferecido por Cristo, que levou o apóstolo Paulo a afirmar: “Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores” (Romanos 5:7-8). Por outro lado, a advertência de que eu não valho nada, e por isso mesmo preciso do meu Salvador, que me amou independentemente da minha podridão.

Graças te dou meu Jesus, pelo sangue derramado por mim na cruz do Calvário. Quando percebo que eu sou nada aí é que fica mais patente que eu preciso de ti. Obrigado meu Deus! Capacita-me a andar com o Senhor.

________________________

* O autor é Procurador da República aposentado, Oficial do 2º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São José dos Campos/SP, colaborador do Portal do Registro de Imóveis (www.PORTALdoRI.com.br) e colunista do Boletim Eletrônico, diário e gratuito, do Portal do RI.

Como citar este devocional: ALVARES, Amilton. QUAL É O PREÇO? Boletim Eletrônico do Portal do RI nº. 0201/2015, de 29/10/2015. Disponível em http://www.portaldori.com.br/2015/10/29/qual-e-o-preco-amilton-alvares/ Acesso em XX/XX/XX, às XX:XX.

Publicação: Portal do RI (Registro de Imóveis) | O Portal das informações notariais, registrais e imobiliárias!

Para acompanhar as notícias do Portal do RI, siga-nos no twitter, curta a nossa página no facebook, assine nosso boletim eletrônico (newsletter), diário e gratuito, ou cadastre-se em nosso site.

Deixe seu comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>